quinta-feira, 3 de junho de 2010

Coordenador / autor e Testemunho - Luís Miguel Ricardo


Nasceu a 25 de Junho de 1973, em Ferreira do Alentejo.
Licenciado em Filosofia da Cultura e Formação Educacional pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; Pós Graduado em Ciências Criminais pela Universidade Moderna e em Educação e Formação de Adultos pela Universidade do Algarve.
Entre 1997 e 2000, foi director das publicações “Fazedores de Letras” e “Ethos, Revista de Letras”. Actualmente é colaborador assíduo do Jornal de Ferreira.
No campo das letras criativas, tem dois segundos lugares em concursos literários nacionais: Prémio Lindley Cintra, promovido pela Faculdade de Letras de Lisboa em 1996 com o conto “Enigma Final”; Prémio Nacional Literário Fialho de Almeida, promovido pela Câmara Municipal de Cuba em 2005 com o conto “Fado Sambado”.
Publicou dois romances: em 2006, “Ritos do Desespero” pela editora campodosmedia; em 2009 “Operação Dominó” com a chancela da Lugar da Palavra.



Coordenar o Projecto Heróis à Moda do Alentejo
A viver momentos da glória proporcionados pelo êxito dos Heróis à Moda do Porto, a Editora idealizou esta colecção de Heróis à Moda …
Endereçou-me o convite para coordenar o projecto dos Heróis à Moda do Alentejo.
Um desafio aceite com agrado, por considerar de importância extrema a preservação da cultura e tradições do Alentejo, sobretudo, a sua tradição oral.
Daí a formar uma equipa que considerei à altura para atacar a “coisa” foi um ápice. Os contos iam surgindo e funcionavam como reforço positivo para continuar a colectar termos e expressões do Alentejo. Livros já publicados, estórias de ilustres desconhecidos que as escrevinhavam sem as assinar, conversas quotidianas em meios mais e menos rurais corrompidos pela globalização linguística, foram os universos privilegiados para a concepção da obra.
A minha participação, considero-a com 3 fases e / ou funções distintas:
Como contista, com o texto «Gang dos Cajados»
Como colector e crivo na inserção de entradas no dicionário: nem tudo o que parece ser alentejano o é de facto. E foi preciso algum rigor na eliminação de termos e expressões sugeridos pelas fontes;
Como organizador de conteúdos: tinha os ingredientes (contos e dicionário) mas precisava fazer a “açorda” … surgiu então «Os Sete Momentos da Criação».
Quero agradecer a todos os contistas que tornaram possível a edificação deste projecto, assim como à editora Lugar da Palavra que o projectou para o país e o mundo.

4 comentários:

  1. Muito sucesso,então, nesta nova aventura,pois que para heróis há de haver aventuras...

    ResponderEliminar
  2. Luís mais um projecto que sem dúvida irá ter tanto ou mais sucesso como os outros que tu integras, Parabéns
    Virgínia Cruz

    ResponderEliminar
  3. Foi um prazer conhecer o "manageiro" dos Heróis :O)
    beijinho
    Maria José

    ResponderEliminar
  4. prima luzia, virginia e maria josé ... quero agradecer as vossas participações no blog, assim como as palavras de incentivo ... os reforços nestas lides titânicas da literatura são sempre bem vindos ... mas o "team" é bem forte ...
    um "dream team" parrascana como lhe gosto de chamar ... em que todos os elementos revelam uma harmonia saudável ... deixando transparecer que o principal objectivo já foi alcançado ... o gozo, o divertimento pessoal de todos os elementos ...

    obrigado e continuem a visitar o blog oficial

    ResponderEliminar